Seguranca em dispositivos moveis

Segurança em dispositivos móveis – 10 passos para se proteger

A segurança em dispositivos móveis é um tema cada vez mais relevante no mundo moderno. Com o crescimento do uso de smartphones e tablets, é fundamental que as pessoas se preocupem em proteger suas informações pessoais e profissionais armazenadas nesses dispositivos.

Infelizmente, muitos usuários não têm conhecimento sobre as ameaças e os riscos envolvidos no uso desses dispositivos, o que pode resultar em violações de privacidade, perda de dados e até mesmo roubo de identidade.

Neste contexto, é essencial que os usuários de dispositivos móveis adotem medidas preventivas para garantir a segurança de suas informações.

Para isso, reunimos neste artigo 10 passos que podem ajudar na segurança em dispositivos móveis contra ameaças cibernéticas.

São medidas simples e eficazes, que podem ser adotadas por qualquer pessoa, independentemente do nível de conhecimento em tecnologia.

Com esses 10 passos, você estará mais preparado para lidar com os riscos e ameaças à segurança em dispositivos móveis. Afinal, a proteção de seus dados é um assunto que deve ser levado a sério, e é responsabilidade de cada usuário proteger suas informações pessoais e profissionais.

Siga nossas recomendações e mantenha-se protegido no mundo digital!

#1 – Mantenha o sistema operacional dos dispositivos móveis protegidos com as últimas atualizações

Manter o sistema operacional de seus dispositivos móveis atualizado é uma das medidas mais eficazes para garantir a segurança em dispositivos móveis e a proteção de suas informações.

Aqui estão algumas razões e benefícios para fazer isso:

  • Correções de Vulnerabilidades: Fabricantes de dispositivos móveis frequentemente lançam atualizações para corrigir vulnerabilidades que foram descobertas desde o último lançamento. Ao atualizar, você garante que seu dispositivo está protegido contra essas vulnerabilidades conhecidas.
  • Melhorias de segurança em dispositivos móveis: Além de correções de bugs, as atualizações do sistema operacional muitas vezes vêm com melhorias de segurança que tornam seu dispositivo mais resistente a novos tipos de ataques.
  • Compatibilidade com Novos Aplicativos: Aplicativos mais recentes podem exigir versões mais recentes do sistema operacional para funcionar corretamente. Ao manter seu sistema atualizado, você garante que pode usar e aproveitar os aplicativos mais recentes e mais seguros disponíveis.
  • Otimizações de Desempenho: Atualizações frequentemente incluem otimizações que fazem seu dispositivo funcionar mais rápido e de maneira mais eficiente.
  • Proteção Contra Malware: Muitos malwares são projetados para explorar vulnerabilidades em versões mais antigas de sistemas operacionais. Ao atualizar, você reduz o risco de seu dispositivo ser infectado.

#2 – A segurança dos dispositivos móveis também passa pelo Backup da suas informações

O backup regular das informações armazenadas em dispositivos móveis é uma das práticas mais essenciais para garantir a segurança dos dispositivos móveis.

A prevenção contra perda de dados acontece uma vez que dispositivos móveis estão sujeitos a danos físicos, falhas de software ou até mesmo roubo. Em qualquer um desses cenários, sem um backup adequado, as informações armazenadas podem ser perdidas permanentemente.

Na prática, em caso de perda de dados, ter um backup atualizado permite que você restaure suas informações rapidamente, minimizando interrupções e garantindo a continuidade de suas atividades diárias.

#3 – Busque fontes confiáveis para garantir dispositivos móveis protegidos

Os marketplaces realizam validações sobre as APPs disponíveis, entretanto, não são infalíveis. Por exemplo, em novembro de 2017 uma versão fake do WhatsApp foi baixada mais de 1 milhão de vezes.

Quando se trata de instalar aplicativos em dispositivos móveis, é crucial garantir que eles sejam baixados de fontes confiáveis. 

Aplicativos de fontes não verificadas podem conter malware, que pode comprometer a segurança do seu dispositivo e roubar suas informações pessoais.

Além disso, alguns aplicativos mal-intencionados podem se disfarçar como atualizações de aplicativos populares, mas na realidade, são versões falsas que podem prejudicar seu dispositivo ou roubar seus dados.

#4 – Utilize senha de bloqueio de tela

O bloqueio de tela com senha é uma das primeiras linhas de segurança em dispositivos móveis. Ele serve como uma barreira inicial contra acessos não autorizados, protegendo informações, aplicativos e funções do dispositivo de olhares curiosos ou intenções maliciosas.

Além disso, a senha de bloqueio de tela não é apenas uma medida de segurança reativa, mas também proativa. Ela desencoraja tentativas de acesso, pois potenciais invasores sabem que terão que superar essa barreira antes de acessar qualquer coisa no dispositivo.

Isso pode ser especialmente útil em situações em que o dispositivo é perdido ou esquecido em um local público.

A tecnologia também evoluiu para oferecer várias formas de bloqueio de tela, desde senhas alfanuméricas tradicionais e padrões de desenho até biometria, como impressões digitais e reconhecimento facial.

Essas opções oferecem níveis variados de segurança e conveniência, permitindo que os usuários escolham o método que melhor se adapte às suas necessidades e estilo de vida.

#5 – Cuidado com exposição da sua tela

Uma pessoa ao lado ou por cima do ombro pode estar coletando informações de forma não autorizada, com o agravante da vítima sequer detectar.

Para minimizar este risco pode-se utilizar uma película de privacidade, por exemplo.

Além da tela, hoje são utilizadas trocas de mensagens por áudio, muitas vezes “tocadas” em modo viva-voz.

Dessa forma, fica ainda mais fácil obter informações de quem está na conversa.

#6 – Manter o antivírus atualizado é essencial para a segurança em dispositivos móveis

Manter o antivírus atualizado é essencial para a segurança do seu dispositivo móvel. Com o avanço da tecnologia e a crescente sofisticação dos cibercriminosos, novos tipos de malware são desenvolvidos e lançados regularmente.

As atualizações de antivírus são projetadas para combater essas novas ameaças, adicionando definições de novos malwares à sua base de dados e melhorando os algoritmos de detecção.

Um antivírus desatualizado pode não reconhecer as ameaças mais recentes, tornando o dispositivo vulnerável. Em contrapartida, um antivírus atualizado identifica e neutraliza essas ameaças, protegendo suas informações e o funcionamento do dispositivo.

infográfico HSM Moderno
 

#7 – Garantir dispositivos móveis protegidos passa pela atenção ao utilizar Wi-fi públicos 

As redes Wi-fi públicas, como as encontradas em cafés, aeroportos e praças, são convenientes, mas muitas vezes não são seguras. Ao se conectar a uma dessas redes, você pode estar se expondo a diversos riscos.

Primeiramente, essas redes são frequentemente desprotegidas, o que significa que qualquer pessoa pode acessar os dados que você envia ou recebe enquanto está conectado. Isso inclui informações sensíveis como senhas, dados bancários e mensagens pessoais.

Há também o risco de “Man-in-the-Middle” (MitM). Nesse tipo de ataque, o criminoso se posiciona entre o usuário e a conexão, interceptando e, em alguns casos, alterando a comunicação entre os dois. Isso pode ser usado para roubar informações ou inserir malware no dispositivo do usuário.

#8 – Configure adequadamente as notificações com tela bloqueada

As notificações que aparecem na tela bloqueada de um dispositivo móvel podem ser uma janela para informações pessoais e sensíveis.

Quando aplicativos como e-mails ou redes sociais exibem prévias de suas mensagens ou notificações na tela bloqueada, isso pode permitir que alguém, com uma simples olhada, saiba mais sobre suas atividades, compromissos, contatos ou qualquer outra informação que possa ser exibida.

Além disso, as informações exibidas nas notificações podem ser usadas por pessoas mal-intencionadas em tentativas de engenharia social ou outros tipos de ataques. 

Quando se trata de segurança em dispositivos móveis, é crucial configurar adequadamente as notificações na tela bloqueada, limitando a quantidade de informações exibidas ou desativando completamente as prévias para aplicativos sensíveis.

Isso garante que suas informações permaneçam privadas e protegidas, mesmo quando o dispositivo está bloqueado.

#9 – Esteja consciente sobre as informações armazenadas nos dispositivos móveis

Os dispositivos móveis tornaram-se uma extensão de nossas vidas, armazenando uma vasta quantidade de informações pessoais e profissionais.

Desde fotos e mensagens até documentos de trabalho e dados bancários, esses dispositivos contêm detalhes que, se caírem nas mãos erradas, podem ter consequências devastadoras.

É crucial estar ciente do tipo de informação que você mantém em seu smartphone ou tablet. Algumas informações, como dados sensíveis ou confidenciais, podem não ser adequadas para armazenamento em um dispositivo que pode ser facilmente perdido ou roubado. 

Estar ciente das informações armazenadas em seus dispositivos móveis não é apenas uma questão de organização, mas uma etapa fundamental para garantir dispositivos móveis protegidos .

#10 – Habilite o recurso de bloqueio e limpeza remoto

O recurso de bloqueio e limpeza remoto é uma ferramenta essencial para a segurança de dispositivos móveis. Ele permite que os usuários bloqueiem seus dispositivos à distância, tornando-os inacessíveis para qualquer pessoa que os encontre ou tente usá-los sem permissão. 

Além do bloqueio, a funcionalidade de limpeza remota permite que os usuários apaguem todos os dados do dispositivo, garantindo que informações sensíveis não caiam nas mãos erradas. Isso é crucial, pois, em muitos casos, a informação contida no dispositivo pode ser mais valiosa do que o próprio aparelho.

Em cenários extremos, pode ser mais benéfico para o usuário garantir que seus dados sejam completamente apagados, mesmo que isso signifique perder o acesso ao dispositivo, do que arriscar a exposição desses dados a entidades mal-intencionadas.

Sobre a Eval

A EVAL está a mais de 18 anos desenvolvendo projetos nos segmentos financeiro, saúde, educação e indústria, Desde 2004, oferecemos soluções de Autenticação, Assinatura Eletrônica e Digital e Proteção de Dados. Atualmente, estamos presente nos principais bancos brasileiros, instituições de saúde, escolas e universidades, além de diferentes indústrias.

Com valor reconhecido pelo mercado, as soluções e serviços da EVAL atendem aos mais altos padrões regulatórios das organizações públicas e privadas, tais como o SBIS, ITI, PCI DSS, e a LGPD. Na prática, promovemos a segurança da informação e o compliance, o aumento da eficiência operacional das empresas, além da redução de custos.

Inove agora, lidere sempre: conheça as soluções e serviços da Eval e leve sua empresa para o próximo nível.

Eval, segurança é valor.

Sobre o autor:

Autor

Outras postagens